Caiu na rede

Paul McCartney se une a Brian May contra caça às raposas

P-761b41c6-dffc-49e4-a7ab-3a0ae8f9950c

O beatle Paul MacCartney se uniu ao guitarrista do Queen, Brian May na luta contra o retorno da caça às raposas, que deve ser votada no Reino Unido nos próximos dias. Ativistas e defensores dos direitos dos animais declararam guerra à possibilidade de se retomar a caça às raposas com cães, aberta com a promessa de campanha do partido de colocar em votação o fim da proibição em vigor há dez anos.

Paul McCartney falou  ao The Gardian sobre uma iminente alteração do Governo britânico que poderá abrir a porta para a caça às raposas na Inglaterra e no País de Gales. Em um comunicado, Paul, que é ativista de longa data dos direitos dos animais  chamou o “esporte” de “cruel e desnecessário” e ameaçou que, passando o projeto de lei, o partido conservador  “perderia o apoio de pessoas comuns e amantes dos animais como eu.”

11665606_10153559918068313_7822101950020444301_n
“O povo da Grã-Bretanha estão por trás deste governo  em muitas coisas, mas a grande maioria de nós será contra eles, se a caça for reintroduzida”, disse McCartney. Em 2004, o governo britânico impôs restrições mais rígidas sobre a caça à raposa, que foi praticada legalmente como esporte por quase cinco séculos até  a legislação aprovada. No entanto, o atual primeiro-ministro David Cameron revelou em março que aguardava revogar a proibição, desde que a caça às raposas fossem feitas de forma “adequadas” e feito “com eficiência”.

photo2

Brian May é outro que vem lutando contra a caça a animas ocorrida no Reino Unido, e vem buscando apoio contra uma possível revogação de Lei contra o retorno da prática. Ele também é contrário a caça a texugos, que ainda é praticada por lá.  O guitarrista participa de programas de TV e eventos sociais, onde tece duras críticas ao Governo conservador de David Cameron.

“Não há qualquer justificativa para a caça de raposas em razão do controle de raposas”, disse May, recentemente, em um programa de TV. “Isso é tudo sobre as pessoas lá fora tentando pegar raposas para se divertir. Eles gostam de causar dor e é isso que Cameron está endossando”, atacou.

Sem categoria

Brian May escolheu o lugar para descansar depois de morto

brianmay_3284340b
Além de guitarrista do Queen, Brian May é um dos cientistas mais badalados do momento. FOTO:DIVULGAÇÃO

 

Brian May,  astrofísico e guitarrista do Queen, revelou ao Telegraph o local que espera ser enterrado após sua morte, o lugar para seu descanso final. May, autor da canção Who Wants to Live Forever (Quem quer viver para sempre?), disse ao jornal que seu desejo é ser colocado para descansar na ilha de Tenerife, no arquipelago das Ilhas Canárias, território espanhol.

“Ali é um local que chama o meu espírito”, disse.  “É uma sensação de estar perto do céu lá em cima no parque nacional e é um lugar que é muito espiritual para mim – é provavelmente o lugar onde eu gostaria que minhas cinzas fossem espalhadas”, acrescentou.

May revelou o local para que suas cinzas sejam jogadas durante a promoção do terceiro Festival Starmus, que reúne os astronautas, astrônomos e fãs do espaço. O evento é cheio  de apresentações sobre a astrofísica e festas, e será  realizado em Tenerife no próximo ano. O artista e físico completa 68 anos em julho e não é apenas considerado um dos maiores guitarristas de todos os tempos, mas também um cientista altamente respeitado.

teide2_3284305b
Para o artista, a ilha é um dos melhores lugares do mundo para descansar.

 

Ele visitou Tenerife pela primeira vez em 1970 para trabalhar no Observatório Delteide como parte de seus estudos de doutorado. Desde então, ele visitou o local muitas vezes  para férias em família e trabalho. “Os pontos de vista do cosmos lá em cima [Observatorio del Teide] são surpreendentes”, disse ele. “Você tem uma bela vista para a Via Láctea e a luz zodiacal.”

Tenerife ocupa um lugar especial no coração de Brian May

“Eu também vi o gegenschein [um brilho fraco ou mancha no céu à noite associado com a luz zodiacal] lá, que é algo que poucos astrônomos já viram.  A atmosfera acima de Tenerife é muito transparente e lá também é bom devido a pouca poluição luminosa, por isso é um lugar maravilhoso para olhar para as estrelas”, acrescentou.

O que resta na lista de May?

o-STARMUS-570
Brian May e Hawking, em evento no ano passado. FOTO: DIVULGAÇÃO

 

“Uma das minhas ambições é caminhar até o Monte Teide. Eu fiz isso uma vez quando eu era um estudante e eu adoraria ser capaz de andar de novo. Eu tive um monte de problemas com meus joelhos nos últimos anos, mas já está restaurado, então seria ótimo para poder fazê-lo”, acrescentou.

Se o desejo de May se concretizar, Tenerife pode se tornar um local de peregrinação para os fãs do Queen, diferente do que aconteceu com Freddie Mercury. As cinzas do lendáro vocalista da banda foram espalhadas em um lugar nunca divulgado por banda ou por seus familiares.

Brian May também escreveu a canção 39’, que conta a história de um astronauta que viaja através do espaço só para voltar à Terra 100 anos mais tarde e encontrar-se uma vítima do paradoxo relógio de Einstein, segundo a qual ele envelheceu apenas um ano, mas todos os seus entes queridos estão mortos. Ele também manifesta interesse em viajar pelo espaço.

“Eu adoraria sentar-se na Estação Espacial Internacional com tranquilidade e olhar para a Terra a partir do espaço. Que música que eu iria tocar? Eles dizem que não há atmosfera. Eu suponho que teria que ser 39 ou I Want It All (Eu quero isso tudo). Mas eu não sei se isso vai acontecer, porque eu estou ficando um pouco velho para isso agora “,  disse.

O tema para Starmus Festival do próximo ano é “Beyond the Horizon – Uma Homenagem a Stephen Hawking”. Brian May e Hawking participarão do evento em 2016. Outros oradores do festival serão  o astronauta Chris Hadfield, mais conhecido por sua interpretação de Space Oddity de David Bowie, realizada a bordo da Estação Espacial Internacional, e Lorde Martin Rees, astrônomo real.

O festiva culminará com a Starmus Party Teide, com um show especial com Brian May e Rick Wakeman. Os dois fecharam o evento em 2014.   O  Starmus acontecerá em Tenerife de 27 Junho a 2 de julho de 2016. Para obter mais informações e reservar, consulte: starmus.com.

do telegraph

Caiu na rede

Conheça os músicos mais ricos do Reino Unido

Paul McCartney Performs At The Joint At The Hard Rock
O ex-Beatle não é só um dos maiores da história, mas também o mais rico do Reino Unido. FOTO/DIVULGAÇÃO

O ex-beatle Paul McCartney segue sendo o músico vivo mais rico do Reino Unido e Irlanda. Foi o que apontou a lista do Sunday Times das pessoas mais ricas, onde foi publicado que a fortuna de sir Paul McCartney é estimada em 730 milhões de libras, um aumento de 20 milhões em relação ao que ele tinha até o ano passado.

O músico acabou por se beneficiar com a fortuna de sua esposa, Nacy Shevell, que tem participação no negócio de caminhões nos Estados Unidos, o que dá um incremento de mais 150 milhões de libras à fortuna do ex-beatle.

Ed-Sheeran
Ed Sheeran já tá lá entre os mais ricos do Reino Unido. FOTO/DIVULGAÇÃO

McCartney é seguido na lista por Lord Lloyd-Webber (650 milhões libras) e pelo grupo U2 (431 milhões). A lista não é formada apenas por veteranos, e Calvin Harris entra no páreo na 30º posição, com fortuna estimada 70 milhões de libras, o que o faz tão rico  quanto Pete Townshend e Mark Knopfler.

Em pouco mais de um ano, Sam Smith conseguiu acumular 12 milhões de libras. Adele, apesar de não liberar qualquer música por quase quatro anos, ganhou mais 4 milhões de libras, elevando sua fortuna para 50 milhões de libras.

Os quatro membros do One Direction, além de seu ex-companheiro Zayn Malik, tem cada um 25 milhões, enquanto que Ed Sheeran viu sua conta bancária inchar em mais de $ 13 milhões, passando para 20 milhões de libras em um ano.

Veja a lista completa

1 Sir Paul McCartney and Nancy Shevell £730m

2 Lord Lloyd-Webber £650m

3 U2 £431m

4 Sir Elton John £270m

5 Sir Mick Jagger £225m

6 Keith Richards £210 m

7 Michael Flatley £195m

8= Ringo Starr £180m

8= Sting £180m

10 Roger Waters £160m

11 Eric Clapton £155m

12= Sir Tom Jones £150m

12= Sir Tim Rice £150m

12= Rod Stewart £150m

15= David Bowie e Iman Abdulmajid £135m

15= Robbie Williams £135m

17 Ozzy and Sharon Osbourne £130m

18= Phil Collins £110m

Britain Badger Battle
Brian May, do Queen, está na 18º colocação, juntamente com Phil Collins. FOTO/ DIVULGAÇÃO

 

18= Brian May £110m

18= Charlie Watts £110m

21= George Michael £105m

21= Roger Taylor £105m

23 = Jimmy Page £100m

23 = Robert Plant £100m

25 = Enya £90m

25 = David Gilmour £90m

27 John Deacon £85m

28 Noel and Liam Gallagher £77m

29 Nick Mason £75m

30= Calvin Harris £70m

30= Mark Knopfler £70m

23_1pete_townshend_2
Pete tá na 30ª posição, com 70 milhões de libras na conta. FOTO/DIVULGAÇÃO

 

30= Pete Townshend £70m

33= Gary Barlow £65m

33= Engelbert Humperdinck £65m

35= Barry Gibb £60m

35= John Paul Jones £60m

37= Kylie Minogue £55m

37 = Sir Cliff Richard £55m

39 = Guy Berryman £52m

39 = Jonny Buckland £52m

39 = Will Champion £52m

39 = Chris Martin £52m

Caiu na rede · Música

Robbie Willams interpreta Bohemian Rhapsody; veja outros covers da canção

1970678_10201700843347373_484279548_n

O músico britânico, Robbie Willians, em show realizado nesta semana em Madri, na Espanha, fez uma homenagem ao grupo Queen, e interpretou uma versão do maior clássico da banda, Bohemian Rhapsody. Essa não é a primeira vez que Williams interpreta uma música de Freddie Mercury e companhia, pois em outros shows ele já interpretou outros títulos da “Rainha”, inclusive, chegou a fazer  uma versão de We Are The Champions para o filme Coração de Cavaleiro.

Borhap (como a música é conhecida pelos fãs) talvez seja o trabalho mais importante e a mais premiado do Queen, chegando a ficar mais de nove semanas em primeiro lugar quando de seu lançamento, em outubro de 1975, e quando de seu relançamento, em 1991, logo após a morte de Mercury. Este ano, tanto Rhapsody quanto o disco A Night at the Opera completam 40 anos de existência, e claro, os remanescentes do grupo devem estar preparando algo de especial para homenageá-los.

Em setembro, no dia 18, Brian May e Roger Taylor estarão fechando o primeiro dia do Rock in Rio, como foi anunciado em primeira mão por este blog. Então, é só aguardar as fortes emoções para este ano, principalmente, os fãs da banda. Então, para ir se preparando fiz aqui uma seleção de grandes artistas que fizeram versões para Bohemian Rhapsody. E não é pra qualquer um não. Já interpretaram a canção Elton John, Axl Rose, Beyonce, Pink, Bruce Dickson, Panic! At the Disc, um monte de fãs em show do  Green Day e tantos outros.

 

Teve, claro, o Robbie Williams, mais gordo e com cabelo loiro

 

A Pink, para mim a melhor versão já feita

 

Os meninos do Panic! At The Disco

 

 O Bruce Dickson e a diva Montserrat Caballe

 

O mestre do ukulele, Jake Shimabukuro

 

A galera do Patu Fu

 

A galera dos Muppets 

 

Os manos do Sons Of Anarchy

 

Os meninos do Glee

 

O Eltom John, amigo do Freddie, e o Axl Rose, fã do Freddie 

 

The Ten Tenors (?)

 

Uma cara no American Idol

 

Outro cara no American Idol. Pera…

 

Três gatas dentro de um carro

 

Quatro “idiotas” dentro de um carro

 

A Beyoncé, mas não colou

 

O finado Westlife

 

Dario Bonuccelli, prazer

 

A galera esperando o show do Green Day. Esse é puta impressionante

 

E o menino do American Idol com os caras do Queen

 

 

 

Caiu na rede · Música

Queen+Adam Lambert podem vir ao Brasil em setembro

Queen e Adam Lambert fazem shows desde o ano passado em diversas partes do mundo. FOTO: THILO RAHN
Queen e Adam Lambert fazem shows desde o ano passado em diversas partes do mundo. FOTO: THILO RAHN

atualizado às 9h13

A informação dada por uma das tantas comunidades do Queen nas redes sociais pegou muitos fãs sul-americanos do lendário grupo de surpresa. Há quem não acredite, que pede para ser beliscado e coisa desse tipo, mas o grupo Queen Argentina, no Twitter e Facebook divulgou que em setembro o Queen, que está em turnê na Europa com Adam Lambert, virá para Brasil, Argentina e Chile.

“Estamos satisfeitos em anunciar que Queen + Adam Lambert vão tocar na América do Sul em setembro”, dizia a mensagem que logo foi reproduzida em comunidades do atual vocalista da banda, assim como em outros grupos da banda. Muitos ainda estão desconfiados com a informação, mas outros tantos, já eufóricos, estão contando nos dedos uma possível informação oficial dos produtores da turnê.

Sem título

Desde o início do ano passado, Queen e Adam Lambert estão em turnê pelo mundo. Iniciou-se na America do Norte, passou pelo Japão, Coreia do Norte, Austrália, Rússia, Leste Europeu e, atualmente, no Reino Unido. A América do Sul, a priori, tinha ficado de fora do roteiro dos caras, mas, ao que tudo indica, pode ser que eles toquem no Brasil em setembro, período, inclusive, em que estará ocorrendo o Rock In Rio 30 anos. Vale lembrar que o Queen foi a grande atração do evento em janeiro de 1985, ano da primeira edição do festival.

Vale ressaltar, que por enquanto, as informações não são dadas como certas, mas o “Queen Argentina” é um grupo respeitado nas redes sociais, e inclusive, logo após repassarem a notícia disseram que a informação até o momento era essa, destacando ainda que tem sido “responsável com tudo o que se publica na página”.

A última vez que o Queen esteve no Brasil foi em 2008, quando Paul Rodgers (ex-Free e Bad Company) assumiu os vocais da banda. Naquele mesmo ano, a parceria rendeu o lançamento do disco The Cosmos Rocks. Logo em seguida a união foi desfeita. Em seguida,  Brian May e Roger Taylor (os remanescentes do Queen) descobriram Adam Lambert, e desde então nunca mais se largaram.

Música

“I Want It All”. Brian May quer se candidatar ao parlamento britânico

brian-may-queen-lambert-performing-live-05

Realmente, não há limites nessa terra para o senhor Brian May, de 67 anos de idade. Guitarrista de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, o Queen, PhD em astrofísica, reitor de universidade, escritor, produtor musical, ativista e agora parlamentar na Inglaterra?

Parece que o músico está interessado nessa nova empreitada depois de ter ficado “frustrado” com o sistema política inglês, que para ele, é “falho” e não representa os interesses dos eleitores, como repassou seu assessor, Phil Symes. E parece que a intenção do guitarrista é se candidatara nas próximas eleições.

Segundo Symes, o guitarrista quer “restabelecer a decência em nossas vidas, trabalho e parlamento”. “Acredito que há boas pessoas no parlamento, de todas as cores políticas, mas também há muitas pessoas que são movidas pelo egoísmo e por interesses escusos e são esses elementos que devem ser jogados fora como roupa velha”, teria comentado Brian May.

_80782248_b776544c-40ea-4df5-aab2-684497fcc489

“Precisamos de indivíduos altruístas, moralmente decentes, e que não pensam em ganho pessoal”, defende. May é um defensor dos direitos dos animais, e há muito tempo vem lutando contra a caça de texugos, que é liberada na Inglaterra. Essa, inclusive, deverá ser uma das bandeiras do possível futuro parlamentar.

A música “I want It All” poderia muito bem definir o artista, o político, o acadêmico, o ativista que é Brian May. Escrita por ele, e, supostamente, falando sobre a então namorada e atual esposa Anita Dobson, a letra é bem isso, um cara que quer tudo e quer tudo agora (now), no seu tempo. Ah, atualmente ele está em turnê com o Queen e Adam Lambert pela Europa.

I’m a man with a one track mind
So much to do in one lifetime (People do you hear me)
Not a man for compromise
And where’s and why’s and living lies

(Sou um homem com um caminho na mente
Muito a fazer em apenas uma vida (pessoas vocês me ouvem)
Não sou homem de compromisso
E ondes e porquês e vida de mentiras)