Literatura

Escola Porto Iracema das Artes terá Laboratório de Escrita Criativa

20130216184744970730a-tile
Ronaldo Correia de Brito e Socorro Acioli devem ministrar os cursos de Escrita Criativa no Porto Iracema das Artes

A Secretaria de Cultura do Ceará está preparando para o próximo ano o início das atividades do Laboratório de Escrita Criativa da Escola Porto Iracema das Artes, no Centro Cultural Dragão do Mar. O anúncio foi feito pelo gestor da pasta, Fabiano dos Santos Piúba,  que  afirmou ainda estar conversando com os escritores Socorro Acioli e o cearense radicado em Pernambuco,  Ronaldo Correia de Brito, que devem ministrar as aulas.

O secretário foi questionado sobre os motivos de o Ceará ainda não ter um curso voltado para a escrita criativa, e destacou a novidade, ressaltando também estar discutindo a ideia com a diretora da Escola Porto Iracema das Artes, Beth Jaguaribe, e com Paulo Linhares, responsável pela administração do Dragão do Mar. “Para o próximo ano a gente inaugura nosso laboratório de escrita criativa”, disse o secretário.

Atualmente, a Escola Porto Iracema das Artes é composta por cinco laboratórios: Audiovisual/Cinema, Artes Visuais, Música, Pesquisa Teatral e Dança.  De acordo com o portal da entidade, os laboratórios são espaços de experimentação, pesquisa e desenvolvimento de projetos culturais nas diversas linguagens.

“Funcionam em regime de imersão, através de processos formativos de excelência, desenvolvidos em torno das propostas previamente selecionadas. Os alunos recebem orientação de consultores/tutores, que conduzem a qualificação dos projetos, através de orientações individuais, oficinas, palestras e master class”.

 

Anúncios
Música · Programação

Mile Davis e Dave Brubeck são homenageados no Dragão

51UVX5HKIiL

Um novo projeto musical, reunindo virtuosos instrumentistas cearenses recriando no palco obras-primas da história do jazz. É o “Ceará Jazz Series”, projeto que leva ao Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura shows com a íntegra do repertório de álbuns clássicos do jazz, reinterpretados por alguns dos mais consagrados e aplaudidos nomes da cena musical cearense. Com apoio da produtora Quitanda das Artes, do Centro Dragão do Mar e da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), o Ceará Jazz Series estreia com dois shows neste mês de agosto, em duas sextas-feiras, sempre às 20h: dia 14 o público vai conferir a recriação do disco “Kind of Blue”, de Miles Davis, trompetista responsável por várias revoluções na história do jazz; dia 21 será a vez de apreciar a íntegra do repertório de “Time Out”, de Dave Brubeck, álbum referencial pelas experimentações rítmicas em compassos compostos.

Em cada show será apresentado o repertório completo de cada disco, recriando os álbuns originalmente lançados em 1959. As apresentações contam com uma escalação de craques do primeiríssimo time da cena instrumental cearense, referência nacional pela excelência em vários naipes, das cordas aos metais, do piano à bateria, dos compositores aos arranjadores. Os shows, que acontecem nos dias 14 e 21, no Teatro do Centro Dragão do Mar, serão precedidos de um bate-papo, às 18h, no próprio teatro, com entrada franca, em que os músicos falarão sobre como foi o trabalho de preparação da apresentação, sobre as características do disco homenageado, o desenvolvimento dos arranjos para o show, além de responder a perguntas do público. Uma atividade que reforça a característica de formação, mais um diferencial do projeto “Ceará Jazz Series”, e reforça o convite para o espetáculo que começa às 20h.

Na sexta-feira, 14/8, o show “Kind of Blue” contará com o trompetista Hugo D´Leon, os saxofonistas Márcio Resende e Ferreira Júnior, o pianista Thiago Almeida, o contrabaixista Luciano Franco e o baterista Denilson Lopes, reproduzindo a mesma formação de sexteto presente no disco, que ficou marcado pelos temas modais e que destacou “So what” e “Blue in green” como algumas das composições mais revisitadas no repertório jazzístico em todos os tempos.

MI0001684632

Arregimentados especialmente para o show, Hugo D´Leon, Márcio Resende, Ferreira Júnior, Thiago Almeida, Luciano Franco e Denilson Lopes, sempre entre os nomes mais requisitados para estúdios e palcos de Fortaleza e todos autores de trabalhos próprios de composição, arranjo e performance, aceitaram o desafio de revisitar a sonoridade de “Kind of Blue”, reinterpretando-a e transpondo-a para o show. Conforme define o contrabaixista Luciano Franco, trata-se de uma releitura, partindo do repertório, dos conceitos, timbres e sutilezas presentes no disco original para propor uma nova interpretação.

Na sexta-feira seguinte, 21/8, também às 20h, será apresentado o show “Time Out – Tributo a Dave Brubeck”, com a íntegra do repertório do clássico disco em que o quarteto liderado pelo legendário pianista norte-americano fez história ao explorar de modo ousado e inovador ritmos diferenciados e compassos “quebrados”, naquele que viria a ser um dos trabalhos referenciais para toda a trajetória do jazz. Também haverá o bate-papo às 18h, com entrada franca.

No show, o pianista será homenageado pelos experientes e virtuosos Márcio Resende (saxofone), Tito Freitas (piano) e David Krebs (bateria), além dos jovens – e extremamente talentosos – Hermano Faltz (guitarra) e Iury Batista (contrabaixo). O show percorrerá temas do clássico disco lançado pelo quarteto de Dave Brubeck em 1959, que se tornou um álbum referencial para a história do jazz, tanto por seu caráter progressivo e de vanguarda – explorando tempos quebrados, compassos compostos, uma variedade de ritmos desafiadores, levando ao extremo a habilidade dos músicos – quanto pela sua ampla aceitação pela crítica e pelo público, que consagrou a faixa “Take five”, do saxofonista Paul Desmond, como um enorme êxito comercial. Um “hit” radiofônico nascido do jazz.

Aclamado saxofonista e flautista, Márcio Resende, de formação jazzística no New England Conservatory e no Berklee College of Music, nos EUA, convida o público para vivenciar a energia, a inteligência e a sensibilidade da música de Brubeck. “O show é uma homenagem à musicalidade do quarteto do Dave Brubeck nesse disco. É um grande desafio reproduzir no palco a música do ‘Time Out’. Será um show muito especial para nós e também para o público”, afirma o saxofonista, celebrando a oportunidade de reapresentar o show, desta vez para o público de Fortaleza.

O público poderá conferir toda a beleza e a emblemática combinação de melodia e ritmo, simplicidade e complexidade de temas como “Blue rondo a la turk”, “Kathy´s waltz” e “Strange meadow lark”, além do clássico “Take five”. Uma oportunidade ímpar de apreciar ao vivo a genialidade que Brubeck e quarteto concretizaram no álbum “Time Out”, através de alguns dos melhores instrumentistas atuantes no Ceará.

SERVIÇO:

Projeto “Ceará Jazz Series”. Apoio: Quitanda das Artes, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.

– Show “Kind of Blue – Tributo a Miles Davis”. Sexta-feira, 14/8. Bate-papo às 18h. Show às 20h, no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Com Hugo D´Leon (trompete), Márcio Resende (saxofone tenor), Ferreira Júnior (saxofone alto), Thiago Almeida (teclado), Luciano Franco (contrabaixo) e Denilson Lopes (bateria). Ingressos: R$ 15,00 (meia R$ 7,50).

– Show “Time Out – Tributo a Dave Brubeck”.  Sexta-feira, 21/8. Bate-papo às 18h. Show às 20h, no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Com Márcio Resende (saxofone), Tito Freitas (teclado), Iury Batista (baixo), Hermano Faltz (guitarra) e David Krebs (bateria). Ingressos: R$ 15,00 (meia R$ 7,50).

Sem categoria

Dragão do Mar terá atrações culturais todos os dias de Carnaval

Cinema, teatro, planetário e festival de violoncelo são algumas das atrações do equipamento. FOTO: DIVULGAÇÃO

A partir deste sábado e seguindo até a quarta-feira de cinzas,  todos os espaços do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza,  funcionam em regime especial, inclusive na segunda-feira, com cinema, cafés, planetário, teatro, feirinha, museus e abertura da exposição “Corpo da Obra”, no MAC-CE, compondo o Carnaval Cultural do Dragão. A programação terá início neste sábado, com a abertura da exposição, que ocupa o andar superior do espaço e evidencia quatro eixos temáticos que compõem o acervo do museu.

São esses eixos: Seres ou Coisas, que traz o caráter mágico, os ambientes pós-apocalípticos, sombrios e misteriosos ativam potencialidades além do real; em Método e Construção, articulam-se relações entre o tempo e o espaço, na arquitetura e geometrização da forma; Escritas e Sujeitos ativam processos subjetivos, fluxos narrativos por onde emerge a palavra e a instância do confidencial; já em Corpo da Obra, o corpo é o elo entre a participação, a ausência e o limite.

Divididas entre esses quatro momentos, estarão expostas obras de José Rufino, Brigida Baltar, Leonilson, Eduardo Eloy, Herbet Rolim, Marcelo Gandhi, Sebastião de Paula, Efrain Almeida, Antonio Bandeira, Leya Mira Brander, entre outros. Os visitantes poderão conferir a exposição em todos os dias do Carnaval, sempre das 14h e às 20h, com acesso até as 19h30.

O Museu da Cultura Cearense segue o mesmo esquema de funcionamento e apresenta a exposição fotográfica da artista alemã Ulrike Ottinger, aberta no último dia 5 de fevereiro.

Outras atrações

Além dos museus, o visitante também poderá curtir a turnê da intérprete carioca Eliana Carneiro (Cia. Os Buriti), com o espetáculo de teatro e dança “Imagens do Sagrado – Blima”, em cartaz de sexta a domingo, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. No mesmo espaço, às 17h, o grupo Vemart apresenta o teatro infantil “O Aniversário do Palhaço”, sábado (14) e domingo (15). Também para a criançada tem Brincando e Pintando que, neste domingo de Carnaval, migra para a Arena Dragão do Mar.

Cinema e violoncelos

O Centro Dragão do Mar recebe ainda as oficinas, masterclasses e concerto, no domingo, do Festival Internacional Violoncelos em Folia, às 20h, no Anfiteatro. Os cinemas, cafés e o planetário também estarão com horários especiais de funcionamento durante o feriadão carnavalesco. O Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco, regularmente fechado às segundas-feiras, terá programação nesse dia.

Já o planetário funcionará normalmente no sábado (14) e no domingo (15), abrindo ainda, excepcionalmente, segunda (16), terça (17) e quarta-feira (18), com sessões a partir das 17h.

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura fica na Av. Almirante Tamandaré 310, Centro – Fortaleza/Ceará

da assessoria